quinta-feira, 25 de setembro de 2014

[Resenha] Perdendo-me



Título: Perdendo-me
Autor: Cora Carmack
Editora: Novo conceito
Páginas: 288
Nota: 4 estrelas
Sinopse: VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual.
Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?


Minha opinião: Bliss tem 22 anos e está no último ano da faculdade de Arte, Bliss é dedicada à arte de atuar e direção no teatro, Bliss leva sua vida tranquilamente em seu apartamento sozinha, o único problema é que ela ainda é virgem.

Ela decide contar para sua melhor amiga Kelsey, que é em minha opinião a maior periguete, chatinha da história, que acha que isso é o fim do mundo, mas que diz saber como ajuda-la, e é ai que as bonecas partem para um bar, para encontrar o homem ideal, depois de beber todas e o convidado perfeito não aparecer, Bliss decide ir ao banheiro para ver se diminui a empolgação da amiga, e é ai que...

A garota vê um homem lendo um livro, e faz piadinha quanto a ele ler no bar, mas logo de cara ela vê como ele é lindo, quando ele abre a boca pra falar, e ela escuta aquele sotaque britânico, ela morre de amores e decide que ele é o escolhido.

Bliss leva o gato, conhecido como Garrick, para sua casa, e vocês vão acompanhar como a Bliss é um desastre ambulante, e ela tem uma ideia genial, largar o gato nu na sua cama, dar uma desculpa e fugir.

Eis que na aula seguinte, um novo professor começa a ministrar as aulas, e vocês podem, é claro, adivinhar quem é... O próprio, Garrick e Bliss ficam chocados ao se verem no teatro da faculdade, e ai você já pode prever que muita coisa vai dar errada...

Bliss tem um melhor amigo, Cade que foi um dos personagens que eu gostei, ele era fiel a Bliss, companheiro, gentil e tudo que ela precisava, mas após uma noitada em que todos ficaram bêbados e foram para a casa de Bliss, brincar do jogo da garrafa (verdade ou desafio ou algo parecido) e todo mundo beija todo mundo e é ai que Cade revela que é apaixonado por Bliss, e como ela não corresponde, eles acabam se distanciando.

Garrick tem um pouco de ciúmes de Cade com Bliss, parece que Bliss e Garrick estão sempre nos mesmos lugares, até que ambos decidem se dar uma chance apesar de todos os riscos.

Garrick é meu personagem favorito, ele é lindo, educado, generoso, cheiroso e um fofo com a Bliss, que em minha opinião é bem chatinha e só melhorou no final do livro, perdendo-me se passa no universo da faculdade, com jovens cheios de hormônios e preocupações e indecisões quanto ao futuro, eu confesso que esperava muito mais do livro e que não foi uma das minhas melhores leituras do ano, mas Garrick me agradou bastante, e Bliss e seu desastre ambulante é algo bem divertido, por isso dei essa nota para o livro.

A série de Perdendo-me tem continuação com, Fingindo e Encontrando-me, sem data prevista de lançamento ainda, para quem gosta do gênero New Adult essa trilogia é uma boa escolha.











Até a próxima, Amanda Mathes

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Sua participação é muito importante para nós.

Navegue

Tecnologia do Blogger.

Receba as novidades

Seguidores

Translate

Google+

Releia

FanPage

Julliany está lendo:

VEP no Twitter